Festival de Inverno UFMG: rodas de conversa e apresentações de dança compõem a programação de quarta-feira

Atividades serão realizadas, gratuitamente, no Conservatório UFMG

No dia 20 de julho, quarta-feira, a programação do 54º Festival de Inverno UFMG segue com rodas de conversa sobre financiamento à cultura e com a apresentação de dança Improvisações corpo-espaço. As atividades serão realizadas no Conservatório UFMG (Av. Afonso Pena, 1534 – Centro) e a entrada é gratuita. 

Confira a programação:

Às 18h, acontece a roda de conversa Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade: fundação cultural da UFMG. Durante o diálogo, a comunidade será apresentada à nova fundação de apoio para projetos culturais da Universidade, com os convidados:

Verona Segantini – presidente da Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade;

Fernando Mencarelli – pró-reitor de Cultura da UFMG;

Mônica Ribeiro Medeiros – pró-reitora adjunta de Cultura da UFMG.

A segunda roda de conversa discutirá, às 18h30, a temática Financiamento à cultura em tempos de crise. O debate terá a participação de:

Maria Helena Cunha – diretora da Inspire Gestão Cultural;

Diana Gebrim – sócia-fundadora da Diversidade Gestão e Desenvolvimento de Projetos.

Mediadora: Heloisa Marina da Silva – professora da Escola de Belas Artes (EBA) da UFMG.

Às 20h, o Conservatório UFMG recebe os artistas Livia Espírito Santo e Joel Martins para a apresentação Improvisações corpo-espaço.

Artista de dança contemporânea, Livia será acompanhada pela trombonista Vanessa Aiseó. Juntas, colocarão em diálogo movimento e música por meio da apresentação denominada Experiências da Finitude – estudos dançados. A proposta é “dançar a memória do movimento já dançado, do movimento esgotado e a impermanência do corpo a partir da improvisação e composição no instante”.

Na sequência, Joel Martins, artista de danças urbanas, se apresentará no pátio do Conservatório. Seu trabalho busca uma intersecção entre as danças urbanas e a capoeira, a fim de investigar a fundo quais as manifestações possíveis do berimbau “para além de sua caracterização enquanto instrumento sonoro, mas como um parceiro cênico na busca da unidade das corporeidades possíveis”.

Livia Espírito Santo

Artista da dança com ênfase em processos de criação interdisciplinares e indisciplinares. Bailarina-criadora, professora, pesquisadora e artista com ênfase nas artes da cena e do corpo. Atualmente, está como professora substituta na área de Estudos Corporais da Graduação em Teatro da UFMG. Doutoranda em Artes pela Escola de Belas Artes (EBA) da UFMG. Integrou a Companhia de Dança Palácio das Artes e o Camaleão Grupo de Dança.

Joel Martins

Iniciou sua trajetória na dança e no cenário artístico pelo Programa Fica Vivo, em 2008. Cursou graduação em Dança pela UFMG, com formação complementar em Educação. Acumula vários títulos em competições regionais, estaduais e nacionais, além de atuar como jurado e integrar o elenco dos espetáculos Pai contra Mãe e Mexerica, da Cia Fusion de Danças Urbanas. Atua como professor e cenógrafo no Estúdio Movimente e na Escola de Artes Capitão Carambola, onde também dirige a C2 Cia de Dança.

Vanessa Aiseó

Trombonista e graduanda em Música pela UFMG. Sua pesquisa se relaciona com as intersecções entre música e outras linguagens, como dança, teatro, audiovisual, performance e sonoplastia.

Serviço:

54º Festival de Inverno UFMG: Por uma política de cultura na universidade
Data: 18 a 23 de julho
Locais de realização: Centro Cultural UFMG (Av. Santos Dumont, 174 – Centro) / Conservatório UFMG (Av. Afonso Pena, 1534 – Centro) / Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700 – Funcionários)
Transmissões pelo canal: youtube.com/culturaufmg 
Programação completa no site: www.ufmg.br/festivaldeinverno  

(Por Assessoria de Imprensa UFMG)

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Relacionados