54º Festival de Inverno UFMG acontece na próxima semana com programação cultural gratuita

Evento será realizado de 18 a 23 de julho, com atividades presenciais e on-line que incluem apresentações culturais, rodas de conversas e mais

De 18 a 23 de julho, acontece o 54º Festival de Inverno UFMG. Durante seis dias, o evento promoverá diálogos e apresentações culturais de diversas vertentes, numa programação gratuita e aberta ao público, sob o tema Por uma política de cultura na universidade. A programação completa do festival, que é referência nacional, estará disponível em breve no www.ufmg.br/festivaldeinverno.

A 54° edição do festival irá refletir sobre uma série de ações que têm contribuído para a construção de uma política cultural no âmbito da universidade. Entre elas, a criação recente da Pró-reitoria de Cultura da UFMG, que é o órgão realizador do evento.

Em julho deste ano, a antiga Diretoria de Ação Cultural mudou de status, transformando a UFMG em uma das quatro universidades brasileiras a contar com uma pró-reitoria exclusiva para a área. Além de refletir o entendimento de que a cultura é parte integrante do processo de formação dos estudantes, a medida é um passo importante na validação da cultura como campo de conhecimento relevante para nossa cidade, nosso estado e país.

 “O momento crítico das Instituições Públicas de Ensino Superior (IPEs), agravado pelos recentes cortes de verbas, repercute em todo o festival, que faz coro em defesa da universidade pública, da ciência e do papel central da cultura na missão de nossas instituições. As ações artísticas e culturais, assim como a programação dos espaços culturais mantidos pela universidade, são a tradução dessa política no dia a dia de nossos programas e projetos”, afirma o pró-reitor de Cultura da UFMG, Fernando Mencarelli.

A programação do Festival contemplará toda uma agenda de estruturação da cultura na UFMG que, segundo a pró-reitora Adjunta de Cultura, Mônica Medeiros Ribeiro, não se resume apenas a avanços internos da instituição. “Ela acontece em consonância com uma movimentação nacional observada nos últimos anos, em prol do fortalecimento da gestão cultural nas universidades públicas. Durante o Festival, trataremos dessa agenda em desenvolvimento, que envolve processos de mapeamento cultural na instituição, o fortalecimento de redes de parceiros, o fomento a projetos de cultura e a construção de observatórios de cultura. Mais uma vez, o Festival de Inverno mantém-se sintonizado com seu tempo e os desafios do presente”, explica.

Abertura

A abertura do Festival, no dia 18 de julho, segunda-feira, será às 18h, com a presença da reitora Sandra Regina Goulart Almeida, dos pró-reitores de Cultura da universidade, além de mesa-redonda com os ex-diretores de Cultura da UFMG. Na sequência, o público será apresentado aos resultados do Mapeamento Cultural da UFMG, referente aos anos de 2019 e 2021. Após, haverá o Sarau do Conservatório UFMG, com apresentação musical do Grupo Sonante 21, a partir da performance de obras musicais contemporâneas, improvisações livres de música e dança, além da criação de uma trilha musical improvisada para o curta metragem experimental MUSIKA, que será exibido no dia. As atividades gratuitas acontecem no Conservatório UFMG (Av. Afonso Pena, 1534).

Programação online

Na terça, 19, às 18h, o público poderá acompanhar, de casa, duas rodas de conversa que serão transmitidas pelo canal da Pró-reitoria de Cultura no YouTube (youtube.com/culturaufmg). Redes Internacionais de Cultura é o tema da primeira roda formada pelo uruguaio Gonzalo Vicci Gianotti, representante da Associação das Universidades do Grupo Montevideu, e pelo professor da Universidade Federal da Bahia e ex-secretário de Cultura da Bahia, Albino Rubim

A segunda roda aborda as Redes Nacionais de Cultura, e conta com presença de Fábio Cerqueira, diretor de Cultura da Unicamp, Alexandre Molina, diretor de Cultura da Universidade Federal de Uberlândia e Moacyr Laterza Filho, pró-Reitor de Extensão da UEMG. A mediação é de Gabriela de Lima Gomes, pró-reitora Adjunta de Extensão e Cultura da UFOP.

Financiamento à cultura

Nos dias 20 e 21, o Festival volta para o Conservatório para uma série de rodas de conversa, diariamente das 18h às 21h. Na quarta, duas mesas discutem sobre o financiamento à cultura em tempos de crise e a transformação da Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade em fundação cultural de apoio da UFMG. Às 20h, Lívia Espírito Santo, artista de dança contemporânea, e a trombonista Vanessa Aiseó colocarão em diálogo movimento e música por meio da improvisação. Em seguida, Joel Martins, artista de danças urbanas, se apresentará no pátio do Conservatório.

Na quinta, às 18h, a conversa será sobre Observatórios e Cultura, com representantes do Observatório de Políticas Estudantis da UFMG, Observatório da Juventude e Observatório da Diversidade Cultural. Às 20h, o Grupo de Saxofones da UFMG apresenta concerto com obras de Villa-Lobos, Astor Piazzolla, entre outros.

Exposição, revista e música

O Centro Cultural UFMG (Av. Santos Dumont, 174) inaugura na sexta-feira, 22, as exposições Poematéria, Colônia, Sobrevir e Escultura no Centro. A visitação será aberta às 17h30, com tour comentado pelos artistas envolvidos. Às 20h, será lançada a edição número 5 da Revista Guaicurus, com mesa composta pelos editores, conselheiros e autores da revista. Além de levar exemplares para casa, o público poderá ver as edições anteriores da revista que estarão numa vitrine expositiva. O dia se encerra com show, às 21h, da Velha Guarda do Samba.

Sábado no Espaço do Conhecimento UFMG

O encerramento do Festival será no sábado, 23, com um dia recheado de atividades no Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700). Às 11h, 13h, 16h, 18h e 20h acontecem sessões de Planetário com diferentes temáticas para públicos de todas as idades. Às 14h, começa a Oficina de Libras para crianças a partir de 6 anos e adolescentes. Serão 15 vagas, com senhas distribuídas na recepção do espaço. Às 17h, o Ars Nova-Coral da UFMG realiza um concerto Ars Nova no Museu e, às 19h, terá observação noturna do Céu, no Terraço Astronômico do Espaço. As 70 senhas serão distribuídas a partir das 17h30, na recepção do Museu. Todas as atividades são gratuitas.

Serviço:

54º Festival de Inverno UFMG: Por uma política de cultura na universidade
Data: 18 a 23 de julho
Locais de realização: Centro Cultural UFMG (Av. Santos Dumont, 174 – Centro) / Conservatório UFMG (Av. Afonso Pena, 1534 – Centro) / Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700 – Funcionários)
Transmissões pelo canal: youtube.com/culturaufmg
Programação completa no site: www.ufmg.br/festivaldeinverno 

(Por Assessoria de Imprensa UFMG)

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Relacionados